Posicionamento da OMB sobre a eleição do CREMEB

A Ordem dos Médicos do Brasil vem se posicionar quanto ao nosso Conselho Regional e conclamar a necessidade da participação ativa de nossos colegas na eleição deste ano:

A classe médica tem sido vilipendiada e atacada por governos populistas de variados matizes ideológicos que buscam utilizar a área da Saúde como trampolim eleitoreiro na busca incessante pelo poder como fonte de ganhos espúrios pela corrupção crônica que castiga nosso país.

Com a ascensão dos governo de esquerda passou a ser imputado à classe médica a culpa pelas mazelas da saúde nacional, tentando criar uma cortina de fumaça para a incompetência na gestão da saúde, que advêm de ideologia equivocada que não se sustentou a longo prazo em nenhum país do mundo.

Em especial na última década, tentaram não só tiranizar a figura do médico, como também disseminar a idéia absurda de tornar cada médico em um escravo do Estado, com grupos de esquerda defendendo que os médicos perdessem a liberdade de escolher suas especialidades ou mesmo em que cidades poderiam morar.

Foi está insanidade ditatorial que oportunizou a criação de programas eleitoreiros, como o Mais Médicos, que sabemos que tecnicamente é uma farsa protegida por massiva campanha de marketing e negociações espúrias no Congresso para a modificação das nossas leis.

Nesse contexto, houve a necessidade de mobilização e resposta por parte dos médicos, surgindo a Ordem dos Médicos do Brasil (OMB), que vem sendo a referência na mobilização política dos médicos e acadêmicos, em SINERGIA com as entidades de classe, buscando a excelência da saúde da população brasileira.

Com essa premissa, quando percebemos que o grupo hegemônico no nosso sindicato, estava se realinhando com partidos que queriam cristalizar este movimento antagônico aos médicos, construímos e propomos, junto com outras forças e personalidades médicas, a chapa Sindicato Sem Partido, inclusive contribuindo com valorosos e comprometidos membros do nosso quadro para a Vitória histórica, que possibilitou o retorno do SINDIMED como entidade de defesa dos médicos e não mais permitindo que seja usado para eleger políticos que nos desrespeitam.

Ainda dentro desse panorama, se aproxima a eleição para a nossa entidade fiscalizadora em prol da Sociedade, o Conselho Regional de Medicina, nosso CREMEB. A OMB solicitou pelos canais de comunicação nomes de pessoas possíveis e interessadas em participação no pleito, sendo, posteriormente, realizadas diversas reuniões presenciais para decidir, sempre em colegiado, pesando os prós e os contras, qual seria o posicionamento do nosso movimento e dessas reuniões saiu a decisão de participação no pleito.

E diante do movimento de pessoas ligadas à antiga diretoria do sindicato de se juntarem a outros ligados ao governo do Estado na tentativa de se apossarem da entidade que regulamenta nossa profissão, podendo criar pareceres que ajudem no movimento deles de reduzir nossa liberdade profissional, ficou decidido que comporíamos uma chapa com outros movimentos médicos que mesmo com diferenças em relação ao nosso pensamento, continuam a combater esta estratégia do governo do PT. Então decidimos que neste momento devemos seguir unidos em Defesa da Medicina.

Será muito importante a participação e mobilização de todos os colegas, os quais conclamamos que se juntem a nós nesta eleição contra os principais algozes da medicina, que se alinham, filiam e professam, em especial, a ideologia do corrupto Partido dos Trabalhadores (PT).

OMB – Ordem dos Médicos do Brasil

1 Comentário

  1. Cristina says: Responder

    Muito bom o comentário! A OMB está de parabéns!

Deixe uma resposta